Sobre

Proposta Indiespensável

Olá! Seja bem vindo(a) ao site Indiespensáveis: o mais novo site sobre jogos indies.

Feito por amantes de games, pretendemos produzir conteúdo para jogadores, desenvolvedores e demais fãs de indies. Além de trazermos Notícias relevantes para o cenário dos games, faremos o diferencial com Prévias e Análises que têm a crítica focado em aspectos técnicos de game design, pois sabemos que o nosso público se interessa no processo de desenvolvimento, tanto criativo quanto metodológico.

Em outras palavras, nosso foco não será em dar uma nota arbitrária ou quantificar o hype de um lançamento. Queremos investigar e refletir sobre como um jogo reinventa o seu gênero, subverte as expectativas, experimenta novas ideias, enfim, torna-se relevante para o cenário atual.

Mas o site não é só feito por nós, é feito também por você: estamos juntos nessa! Se você for desenvolvedor de indies, aqui vai poder publicar sua demo, artworks, animações, receber feedback da comunidade, encontrar parceiros para projetos, Game Jams e por aí vai. Não é desenvolvedor? Participe da comunidade, avalie os games, veja a evolução de perto daquele indie que te interessou. A ideia é justamente essa: aproximar desenvolvedores e jogadores.

Dialogando com essa intenção, traremos Entrevistas com desenvolvedores e, também, daremos espaço para a publicação dos seus textos, principalmente relatos sobre a experiência de criar um jogo, na seção Voz do Desenvolvedor.


Equipe Indiespensável

Vinícius Rutes

Desde criança tive contato com jogos da Nintendo graças às minhas primas mais velhas, porém, encontrei o meu maior encanto em 2012 com Bastion, da Supergiant Games. Depois disso, sempre me mantive ativo no cenário indie, constantemente em busca de pérolas dessa “categoria” tão promissora.
Indies favoritos: Bastion, Pyre e Terraria.

Renam Freitas

Amante de jogos desde o Atari jogando River Raid, encontrei nos indies uma voltar de voltar aos clássicos com uma nova experiência. Ainda descobrindo como iniciar nessa arte e ter meu primeiro indie.
Indies favoritos: Hollow Knight, Stardew Valley e Cuphead.

Luiza Ferreira

Oi, eu sou a Lulu e eu sou mais uma redatora Indiespensável. Sou apaixonada por jogos desde a franquia Crash! A partir daí fui jogando muita coisa, principalmente indies e outras aleatoriedades no PC.
Indies favoritos: Ori and the Blind Forest, Gris e Stardew Valley.

Luiz Felipe de Limas

E aí! Como já sabem, me chamo Luiz Felipe, mas podem me chamar só de Luiz. Tive contato com jogos desde criança, cresci jogando Super Mario World e Street Fighter, o que acabou influenciando um pouco meu gosto para jogos. Atualmente jogo no PC. Pessoalmente, acredito que jogos Indie realmente brilham em demonstrar o amor e o esforço de seus criadores para o resto do mundo, o que é maravilhoso.
Indies favoritos: Hyper Light Drifter, Dead Cells e A Hat in Time.

Jônatas Marques

Viciado em jogos improváveis como Top Gear Overdrive, Secret of Mana e Animal Crossing, foi nos indies que encontrei uma razão para me aprofundar mais em jogos. Também escrevo e falo sobre Nintendo na internet.
Indies favoritos: Celeste, Stardew Valley e To the Moon.

Kiefer Kawakami

Não sabendo que era indie, fui lá e joguei SteamWorld Dig: assim começou minha vida com jogos independentes. Gosto de uma história bem contada, como The Liar Princess and the Blind Prince, ou contada de uma forma diferente, como Gris. Enter the Gungeon me fez voltar aos momentos da infância, enquanto ouvia e me encantava com a trilha sonora de Rogue Legacy. De RTS a Walking Simulator, jogo de tudo, desde que a trilha sonora me encante!
Indies favoritos: Steamworld Dig, Hollow Knight e Overcooked!

Icaro Sousa

Aos 5 anos de idade, Papai Noel me presenteou com um MegaDrive. Ali começou uma relação de amor que já dura quase três décadas. Hoje a gente joga de tudo, mas no nosso coração sempre terá um espacinho guardado pra Nintendo.
Indies favoritos: Cuphead, Shovel Knight e Stardew Valley

Davi Sousa

Apaixonado por jogos desde criança, principalmente pela Nintendo, responsável pelos primeiros jogos que eu joguei na vida. Sempre tive interesse em Comunicação, seja escrevendo ou revisando, o que me levou até aqui. Seja Indie ou AAA, os video games vão estar sempre no meu coraçãozinho, com um espaço especial para multiplayers!
Indies favoritos: Overcooked (1 e 2), Cuphead e Castle Crashers.

Vladimir Machado

Olá! Sou o Vladimir Machado, mas meus amigos só me chamam de Vlad. Logo, fiquem à vontade para me chamar assim também. Meu primeiro videogame foi um Atari, e minha maior vitória foi zerar Super Metroid com 10 anos e sem ajuda de detonado nenhum (risos).
Indies favoritos: Guacamelee!, Undertale e Stardew Valley.

André Carvalho

Amante de jogos, estou inserido no meio desde criança, quando ganhei meu primeiro Game Boy. Já tive contatos com títulos de PS2, PS3, Game Boy Advanced, DS, 3DS, Wii e Switch. Tenho alguns jogos memoráveis, como Pac-Man World 2, Future Tactics e Golden Axe. Trabalho com redação de artigos para o site, além de gerir as ferramentas de Marketing Digital, como o Google Analytics.
Indies favoritos: Future Tactics, Hollow Knight e Minecraft.

Jason Ming Hong

Gamer desde o 1 ano de idade segundo meus pais. Jogo de tudo, porque o importante pra mim em um jogo é divertir. Gosto de jogos com uma boa história, investimento em gameplay sólido e, se rolar, um co-op de sofá. Também sou UX/UI designer, aquela galera moderninha que faz coisas pensando em quem vai usar.
Indies favoritos: Battleblock Theater, Overcooked e Stardew Valley.


Por fim, caso você tenha gostado da nossa proposta, esperamos que acompanhe o nosso site, tornando-se parte dessa comunidade. Para receber todas as nossas atualizações, siga-nos no Facebook e entre no nosso grupo do Discord!

Para mais informações, sugestões ou dúvidas, entre em Contato conosco!